sábado, 8 de novembro de 2008

Alguma coisa acontece no meu coração...mas não é quando cruzo a Ipiranga e a avenida São João...não é mesmo...lendo as poesias magníficas de uma grande amiga que conheci numa noite mais magnífica ainda a Priscilla, me deparo com a idade da emoção, que raios de sentimentos...
angústia maldita,coração em meio a labirinto de fogo,salamandras irônicas a me observar...
ouvindo Caetano faço a tal da "oração ao tempo" clamo por Oxalá,Iansã, Xangô para que todos movimentem logo o tempo, a vida pra passar, pra eu passar...flores, os cheiros, tudo me perturba...tempo, tempo, tempo...

3 comentários:

Marco Rodriguéz disse...

Interessante esta leitura que você fez,paródica e ao mesmo tempo irônica!

Priscila disse...

e falando em paródias , a idade da emoção é uma contra-paródia-bizarra , tudo bem , longe de mim , uma homenagem ao livro " a idade da razão " de Sartre! obrigada pelas palavras magníficas , às vezes dá vontade de fechar o blog , sair correndo cantando blues com a aretha franklin enquanto quebramos tulipas em botecos malcheirosos...beijos mil
priscilareis.zip.net

rafael andolini disse...

"tudo me perturba"

porra... a mim tbm!

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
"Existe alguém dentro de mim que é mais eu do que eu mesma." Acredita?